TMS - Gestão Corporativo para Transportadoras

 

O SIT TMS tem como finalidade identificar e controlar os custos inerentes a cada operação, sendo importante identificar e medir os custos de cada elemento existente na cadeia de transporte, a qual envolve veículos, controle das cargas, diversas tabelas de fretes existentes (peso, valor, volume) apresentando o modelo que melhor se ajusta.
O SIT TMS pode ser integrado ser integrado com um sistema de ERP, desta forma ao emitir um CT-e ou NFS-e, por exemplo, a integração financeira, fiscal e contábil ocorrerá automaticamente.
Geração automática de CT-e através do XML da NF-e
Emissão do CT-e e MDF-e
Emissão de duplicata e boleto bancário
Rastreamento online, EDI e Averbação Eletrônica.

Principais funções


Operacional

Controle de pedidos de coleta e entrega, controle de notas fiscais, Impressão de etiquetas para volumes de mercadorias transportadas com código de barras, Emissão de conhecimentos Eletrônicos (CT-e), Emissão de Manifesto Eletrônico (MDF-e);
O SIT está preparado para se comunicar com os servidores da SEFAZ de qualquer estado para emissão de conhecimentos de transporte eletrônicos de maneira simples e transparente.
Avisos de embarque automáticos via e-mail, Emissão de ordem de pagamento (carta frete) integrada ao financeiro, Cadastro de motoristas e veículos, Rastreamento por número de pedido, por CT-e, por número de nota fiscal, nome ou documento do remetente ou destinatário, relatórios de estoque em depósito, de viagens em aberto, de coletas pendentes, de CT-e, de ICMS, de clientes por ordem de faturamento, entre muitos outros.

Comercial
Cadastro de clientes, tabelas de frete especial incluindo a valorem, GRIS, pedágio, cubagem, política de ICMS, frete peso ou percentual, frete mínimo, controle de liberação de clientes para acesso ao rastreamento online, comissão de vendedores, carreteiro, faturamento, Contas á Receber, Seguro, Fiscal, Controle de visitas, Cotação de frete, Redespacho, Custos.

SISTEMA FINANCEIRO

  • Faturamento e cobrança de CT-es;

  • Emissão de duplicatas;

  • Emissão de Boletos Bancários;

  • Contas a pagar e receber;

  • Controle de caixa e contas bancárias;

  • Plano de contas de receitas e despesas;

  • Controle de usuários e seus níveis de acesso ao sistema;

  • Relatórios de Contas a Pagar, Receber, Balancete, de Caixa e extratos bancários.